Sabe aquela coceirinha que dá no saco? Pois é. Ô coisa boa aquela coceira. Muitos pais (principalmente mães, por não entenderem) já vão tolindo a criança desde o início, falando que é feio, vergonhoso e falta de respeito esse ato tão natural de coçar o saco.

Quando começa, começa na bobeira. Basta estar sem fazer nada, por 2 minutos que, quando você se dá conta, tá lá coçando o saco.

Olha em volta. Se ninguém tiver vendo, segue meu conselho: Coça, que é bom. Mas cuidado. Como quase tudo na vida, tem que ser moderado, senão, maluco, vai esfolar e isso arde.

Tem que saber a hora de parar.

E é isso que os pais, que proíbem a inocente e atrativa coçadinha no saco, não entendem. Não existe nada mais importante pro ser humano do que aprender que o que é bom, pode te fuder todo. É bom, mas pode te fuder.

Se você leu isso e não tem saco pra coçar, coça o saco do amiguinho do lado. Porque você já entendeu a mensagem e nada melhor do que ensinar botando em prática